Natal, a festa cristã

A aproximação da data nos fez pensar a respeito do tema, a partir daí muitas idéias e assuntos diferentes se apresentaram à nossa mente, decidimos pelo NATAL, COMO UMA FESTA CRISTÃ…
Mas mesmo assim, falar o que?
Por quê?
Porque traz até nós a caridade, a benevolência, a abnegação, a vontade de seguir sempre acertando, crescendo e aprendendo, isso tudo na figura doce, meiga e mágica do MENINO-LUZ.

O pequeno Jesus, nascido de Maria e de José, na presença do brilho das estrelas e no canto do vento frio do inverno palestino, trouxe ao mundo o ensinamento maior do Pai Criador: o Amor!
Muito difícil não se deixar levar pela magia desta data, buscando os muitos “natais” de nossas vidas, o tema nos faz lembrar, especialmente, da ansiedade, quando ficávamos contando nos dedos o dia da chegada do menino Jesus, das novenas, das flores da igreja, da casa toda enfeitada, do cheiro gostoso da comida, dos doces, do bolo e do pão doce da casa da vovó, do refrigerante que só chegava até nossa mesa na noite de Natal, do abraço do padrinho, das brigas com os primos, da “missa do galo”, dos presentes, das visitas, das roupas novas, do presépio, das grandes e coloridas árvores enfeitadas com pequeninas lâmpadas que ficavam piscando numa cadência perfeita e tão mágica…
O Papai Noel e as músicas suaves que nos falavam de uma “noite feliz”.
Um “rei” que nascera para nos trazer a esperança e a paz! Tantas lembranças…
Não importando se o Natal era rico ou pobre, o que importava era a alegria e felicidade, a simplicidade de alma, na certeza do companheirismo, da fraternidade, da busca da união e da família.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>