Queiramos ou não, vai doer por muito tempo!

Esse retalhinho homenageia um amiguinho muito amado!

Existem momentos na vida da gente que parece não haver outra solução.
Especialmente quando somos chamados a dar testemunho, muitas vezes doloroso, das nossas decisões.
Queiramos ou não, vai doer por muito tempo!
Hoje foi um dia desses…

Quatro meses após a partida do meu paizinho querido, me vi diante de mais uma situação difícil:
Dizer adeus para o seu (dele) “companheirinho de aventuras”, muito mais que um bichinho de estimação, seu parceiro constante, o papagaio “Loreco”.
Era impossível imaginar, naquele quintal, um sem o outro.
Nem bem o coração começa a cicatrizar e já sangra novamente.
É interessante como de repente, coisas tão simples, faladas com naturalidade durante um almoço ou jantar de família, se torna doído e sofrido no momento de realizar. Falávamos da necessidade de encaminhá-lo, destiná-lo, doa-lo, enfim, essas coisas que dizemos sem pensar seria e profundamente nelas.  Nosso “Loreco”, vivendo conosco durante os seus 25 anos de vida animal, já era tão parte da família que me esqueci do quanto seria importante encaminha-lo para um novo “lar”.
Parecia tão simples:
“ – Põe na gaiola e leva embora!”
“ Tá bom que foi assim!”
A busca por um local adequado exigiu longa pesquisa e levou tempo, felizmente encontramos. O lugar é lindo, fica dentro de uma reserva ambiental, tudo apropriado, cuidados especiais, profissionais treinados e carinhosos, novos “companheirinhos”.
“Ótimo, assim que deve ser”. Certo?! Nem tanto.
Não foi como eu esperava, doeu demais!
Sou “durona”, mas hoje “amoleci”, as pernas tremeram e os olhos lacrimejaram.
Vai doer por muito tempo!

Seus gritos, seu fala-fala, suas gargalhadas, suas travessuras e até mesmo quando bicava e estragava a roupa do varal, vão deixar muitas, muitas saudades!

Foi uma segunda despedida…
“- Adeus meu amiguinho, fique feliz e curta seu novo lar. Amamos muito você, muito!!!
Se já estava difícil antes, agora… vai doer por muito tempo!

Não esqueça o principal!
Valorize cada momento, agora, não espere o “amanhã” chegar!
Diga que ama, sempre, para sempre!
Embora o coração sangre, as lágrimas escorram…
Saudades sim, tristeza nunca!
Pois tenho a certeza de que fiz o melhor que podia!

2 ideias sobre “Queiramos ou não, vai doer por muito tempo!

  1. Aiii minha amiga…só hoje li a sua história ou seja do papagaio (chorei), com certeza ele fazia parte da família…mas com certeza também ele esta feliz aonde está. A vida é assim ela nos obriga a tomar atitudes que nem sempre queremos mas que diante de certas situações temos que tomar!

    Te amo.
    bjs.

    Cidinha

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>