AH! O AMOR!

Hoje vamos refletir sobre o amor…

Ah! O amor!
Amor de mãe.
Amor de pai.
Amor de irmãos.
Amor de filhos.
Talvez de amigos?
Amor a dois!
Amor a si mesmo!
Inculto, inesperado, sofisticado, desesperado.  Santificado!

Ah! O Amor!
O Amor renova, inspira, sensibiliza, transforma.
Deixa marcas.
Faz crescer, renascer, amadurecer.

Ah! O Amor!
Amor sem fronteiras.
Recatado.
Totalmente sem pudor!
O Amor é forte, é fraco, é amplo, talvez restrito.

Ah! O Amor!
O Amor envolve, aconchega, ratifica.
Amor profano, amor insano!
O Amor frutifica, indica, tranquiliza.
Amor suave, platônico, impossível!
Amor profundo!

Ah! O Amor!
O Amor multiplica, as vezes divide!
Pode somar, mas também subtrair.
O Amor é tudo, podendo ser nada!
Amor é ser, estar, acontecer, resplandecer!

Amor a Vida!
Amor ao Semelhante!
Amor a Deus!

Ah! O Amor…
O Amor é…
Simples assim!

 

RENOVANDO SENTIMENTOS!

É chegada a hora de procurar o caminho certo…

Tranqüilidade,

Serenidade,

Felicidade!

Sentimentos para renovar!

Seguir buscando tempos mais prósperos, novas partidas e outras chegadas, mais festivas!
Novas descobertas, outros encontros, ainda mais amorosos!
Saber quem lhe ama de verdade e com quem pode contar!
Acreditar novamente nos amigos…
Se alguns se perderam, muitos outros virão de braços abertos para acolher!
Aguardar o tempo mágico de Deus que sempre nos presenteia com um novo dia, outras possibilidades, novas chances!

Sabemos que nada será como antes.
A vida nos ensinou que somos fortes, corajosos e podemos superar a nós mesmos!
Ao olhar para trás vemos o quanto caminhamos, o quanto aprendemos.
Os dias serão outros.
Temos a certeza de que, mais uma vez…  Valeu a pena!

Estou certa que ser feliz é uma conquista…
O caminho certo…

SENTIMENTOS E EMOÇÕES

Participei de um seminário cujo tema era:
“Os Sentimentos e a relação com nossas Emoções”.

Vários palestrantes deram a sua contribuição, cada um com sua abordagem, foi ótimo!  Aprendi muito profissionalmente, porém, a
contribuição maior ficou no pessoal!
Momentos de profunda reflexão e vivências enriquecedoras me fizeram visualizar um mundo  novo no que diz respeito ao “autoconhecimento” e perceber o quanto meu “eu” carece da nobreza de escolhas e do bom conviver com as minhas emoções:

- Quantas vezes nossa alma clama por um novo caminho e não sabemos interpretá-la.
- Quantas vezes nossas emoções nos invadem, tomam posse e não nos apercebemos do estrago que causamos.
- Quantas vezes, sem refletir e sem ponderar, partimos para ações das quais nos arrependemos e não há como consertar. Não era nada disso…
- Quantas vezes o nosso orgulho, disfarçado em justiça, nos leva a comportamentos insanos que nos tornam implacáveis, e, logo após, temos aquela sensação horrível de que não valeu de nada.
E assim vai…
Ficaríamos tempo enumerando muitas atitudes impróprias que não nos levam a lugar algum!

Depois de trocar várias idéias com os mestres e senhores que ali estavam, cheguei a conclusão que todo nosso trabalho está dentro do contexto de transformação pessoal sugerido.
Fiquei feliz!
Afinal todos nós temos oportunidades de encontrar o caminho certo, basta darmos uma chance ao nosso “coração”, escutar o que ele necessita, ou seja, dar valor aos nossos sentimentos, deixar a nossa alma se manifestar com a nobreza da escolha certa, acalmando as nossas emoções.
Firmar as nossas escolhas na reflexão e sensibilidade que os nossos sentimentos nos indicam.
Revisar, reorganizar, repassar, resignificar.
Sentir o que nos faz mais seguros:
Tranquilidade, serenidade, maturidade, felicidade!
Sentimentos para renovar.
Amar e ser amado…
Olhar e gostar do que se vê!
Sentimentos de esperança e confiança.
Descobrir que a generosidade mostra o caminho da paz.
Caminho que leva a começar tudo novamente, recomeçar com a alegria da vitória!
Com a certeza do sucesso!

Estou certa que ser feliz é uma conquista…
O caminho certo…