FOI ASSIM QUE TUDO COMEÇOU…

POR QUE  “CAIXA DE RETALHOS” ?

Tempos atrás, eu e minha irmã resolvemos dar “um jeito numas coisas” que meus pais guardavam no quintal de casa.
Invadir e remexer nos pertences de outros não é lá muito fácil, imaginem mexer nas coisas dos nossos avós!

Naquele vai e vem, pra-lá-e-pra-cá, acabamos nos deparando com uma boa parte de nosso passado.
Os objetos que vão passando por nossas mãos parecem ter vida e vai ficando difícil de nos desfazermos.
Não demorou muito e estávamos sentadas no chão cercadas de caixas de recordações e como mágica nossa história estava ali: aniversários, festas na escola, o primeiro dia disso, daquilo, cada objeto tinha sua própria história para contar, lembranças e boas risadas,  eram pedacinhos de nós mesmas!

Me lembrei, observando aquela cena, da colcha de retalhos que minha bisavó tinha em sua cama.
Uma vez perguntei a ela como tinha sido a sua confecção, pois era tão linda, tão colorida e tudo tão certinho, um pedacinho juntinho do outro fazendo uma peça tão harmoniosa.

Como era de seu jeito, a bisa sorriu e com toda simplicidade me disse que eram “lembranças em tirinhas e quadradinhos que toda pessoa guarda de momentos que viveu, tristes nas cores mais escuras, alegres nas cores claras e os brancos eram lembranças dos momentos felizes…”

 

Naquela época, achei muito linda a explicação, mas confesso que não entendi nada!
Sorri, abracei minha bisa e voltei a brincar no quintal.

 

 

Observando a cena que nós protagonizávamos com tanta alegria, sentadas no chão  em meio a toda aquela bagunça, entendi o que a bisa me disse naquela tarde:
Estávamos diante de nossos retalhos, cada peça, cada componente dessa história, é na verdade, um pedacinho daquilo que vivemos por todos esses anos.

Ali, naquele momento de descontração e emoção surgiu na minha frente a ideia de uma caixa de retalhos guardada em algum canto qualquer…
………………………………………………………………………………………………………………..

Depois daquele dia, decidi repartir minhas lembranças, reflexões, pensamentos, histórias de vida, relembrar pessoas, momentos que deixaram marcas, até mesmo registrar singelas homenagens, com o simples objetivo de recordar!

Depois desses 2 anos, fazendo  uma pequena retrospectiva,  trago no coração a grata satisfação de que o projeto que nasceu num momento de alegria incontida, diante de pedacinhos coloridos de lembranças e de afeto, cresceu e se fortaleceu.
Hoje chega a muitos outros corações em diversas partes do mundo, sim do “mundo”, pois graças a globalização e a tecnologia, nossa “caixa” chega em lugares onde jamais imaginaria chegar…

É uma felicidade imensa e a realização de um desejo antigo de “tocar” a emoção das pessoas através das palavras…
Vivemos e não podemos negar, sentimos e não podemos apagar, mas, podemos dar novo significado e nova direção.
Ao abrir as nossas “caixas” deixamos fluir o que de melhor existe: nossos retalhos coloridos e unindo-os, um a um, chegaremos a esperanças renovadas de “mudar o final da história, já que não podemos alterar o início”.

Agradeço a você que sempre nos visita, deixa seu recadinho, seus comentários e sugestões, dividindo suas mais queridas recordações, obrigada pela confiança e carinho!

Vamos em direção de mais uma etapa… que venham muitas outras!!!

Feliz aniversário, “Caixa de Retalhos”!!!

 

 

Uma ideia sobre “FOI ASSIM QUE TUDO COMEÇOU…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>