Santa Clara e os Ovos

Sou de um tempo que morávamos  em volta da praça da igreja e que as casas, na maioria térreas, tinham telhados baixos assim como os muros o que facilitava as conversas de “cumadre” debruçadas na divisa dos quintais.

As diversões eram reduzidas, algumas reuniões no salão paroquial, bailes sociais com os músicos locais e normalmente organizavam-se piqueniques com amigos e familiares.

Neste tempo chovia muito!

Tínhamos as estações do ano bem definidas e São Paulo era a “terra da garoa”!

Já imaginou programar um belo passeio ao ar livre, um casamento, batizado ou aniversário e chover a semana toda?!

Hummm! Ruim né?!

Logo alguém dizia: Vamos jogar ovos para Santa Clara…

E lá íamos nós quintal a fora, na noite anterior ao evento, com ovos na mão e atirávamos os “pobres” telhado acima, ou no ponto mais alto da casa e também valia deixá-los abertos em cima do muro. A quantia dependia da vontade de cada um ou da quantidade de chuva ou ainda da importância do evento, quanto mais importante mais ovos iam ao alto!

Lembrando que muitas famílias criavam galinhas e tinham ovos no galinheiro todos os dias, não me recordo, mas creio que não eram assim tão caros como os atuais de supermercado…

 

 

 

Vamos lá!

Alguém aí já “jogou ovo pra Santa Clara”?!

E de onde veio essa simpatia?!

Reza a lenda que…

Quando desejamos um dia de Sol ou que a chuva vá embora, devemos colocar um ovo no telhado e rezar as seguintes orações:

 “Santa Clara clareou
São Domingos iluminou
Vai chuva
Vem sol
Vai chuva
Vem sol
Vai chuva
Vem sol”

Tem outro ritual:
Colocar um ovo em cima do telhado ou do muro de sua casa.

Rezar um Pai Nosso e fazer esta oração:
“Lágrima do peito aberto, coração de Deus ferido, nos defendei da tempestade e de todos os perigos.

Para a chuva cessar há uma simpatia que ensina que devemos cantar, após colocar o ovo no telhado:
“Santa Clara faça sol, para enxugar o meu lençol”.

Estas simpatias de colocar ovos no telhado, para Santa Clara fazer parar de chover, foram baseadas na seguinte lenda:

Santa Clara e os Ovos

Dizem que quando a mãe desta santa estava grávida, ela dizia: – Esta minha filha se chamará Clara, pois iluminará o mundo.

Então, a profecia se cumpriu e a garota nasceu.

Durante a sua infância, esta menina aprendeu a cozinhar e seus confeitos preferidos eram doces feitos de clara de ovos.

Na juventude, ela conheceu São Francisco de Assis e fundou a ordem de freiras chamada Clarissas.

Diz à lenda que Santa Clara gostava de fazer doces com claras de ovos no convento.

Alguns destes confeitos alimentavam as freiras, mas a maioria deles era vendida na aldeia para ajudar financeiramente os pobres.

Porém, uma vez, naquela mesma região, uma praga exterminou as galinhas e por isto os ovos dela sumiram daquele local. Deste jeito, Santa Clara ficou muito triste e rezou para que Deus enviasse uma solução. Naquele mesmo instante, bateu na porta do convento uma caravana de carroças, cheias de galinhas e seres humanos, vindos da Espanha, que falaram: – Por favor, nos ajude! – Nos dê abrigo, pois nossa aldeia inundou, pois não para de chover lá. Temos galinhas e ovos para oferecer em troca de hospedagem. Santa Clara aceitou a proposta e aquelas pessoas simples encheram sua cozinha de ovos.

Então, desta maneira, ela rezou: – Meu Deus faça com que pare de chover na cidade deste povo!

Deste jeito, Santa Clara fechou os olhos e viu a chuva cessando naquela aldeia e a água sendo sugada pelo Sol quente.

Desta maneira, ela saiu correndo e avisou aos flagelados que eles podiam ficar hospedados o tempo que desejarem. Mas, explicou que por força divina, a chuva já tinha parado. Inclusive, águas que invadiram suas casas, despareceriam dali em 15 dias.

Portanto, Santa Clara explicou que se a enchente voltasse a prejudicar a aldeia daquelas pessoas, era preciso que estes mesmos moradores jogassem ovos no telhado e fizessem uma oração, pensando no criador e naquele humilde convento.

(Por Sonia Regina Gonçalves Melo)

Bom, tá aí…

Sei que nos dias atuais seria impossível jogarmos ovos nos telhados altíssimos dos edifícios, não existem mais muros e sim fortalezas, cercas elétricas e muito mais…
Sei que vizinhos não se falam e muito menos fazemos piqueniques com os amigos.

E até nem chove mais!

Hoje, as simpatias seriam para que “Clara” invertesse a reza e mandasse muita chuva para encher nossas represas.
Quem sabe surgirá uma nova lenda que ensinará a nossos netos uma simpatia para chover sem parar…

Fico por aqui na certeza de que foi bom vivenciar esse tempo.

Tempos que nos aproximavam das pessoas, dos amigos e dentro da simplicidade nos divertíamos muito!

Joguei muitos ovos para que a Santa realizasse o meu pedido e que o sol brilhasse na manhã seguinte para não estragar a brincadeira ou a festa!

E, pasmem… Ela nunca falhou!

Todos os ovos valeram a pena! Cada um deles!
O sol sempre aparecia, ficava o barro, as poças d’água, mas nada que impedisse a turma de aproveitar o dia!

 

Fica a minha singela homenagem para a Santa que viveu para Clarear!

……………………………………………………………………………………………………………..

6 ideias sobre “Santa Clara e os Ovos

  1. Sempre que preciso faço o pedido a Santa Clara este fim de semana fiz a oração tive três dia de sol Só tenho que agradecer a Santa Clara pelas gracas

  2. Amei a dica, sempre fiz essa simpatia para Santa Clara e sempre deu certo, hj passo essa tradição e fé para meus filhos. Que Santa Clara ilumine a vida de tds.

  3. Olá Julia!
    Pode ser um ou outro. Lembrando que o ovo deve estar aberto para que Sta. Clara atenda ao pedido!
    Se for um telhado alto é bom jogar…
    Saudações!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>