É tempo de Olimpíadas!

Seres de um planeta chamado OLIMPÍADA estão chegando e vão invadir nossa terra!

Ouro, prata, bronze!

Recordes surpreendentes

Esses seres trazem na bagagem muito mais que uma competição.
Trazem o maior sonho de suas vidas!
E levarão a certeza de que é possível sonhar com o impossível!

Nos mostrarão que neste planeta se confraternizar também faz parte do show!

 


Lágrimas serão parte integrante desse contexto que traz a emoção e o esforço como coadjuvantes.

O choro compulsivo de muitos nos mostrarão competência e excelência.

 

Outros nos darão respostas mais modestas, queriam mais, porém foi o que deu!
Sem apoio, patrocínio ou aplausos, serão lembrados pela superação, pela garra, pela determinação.

 

Seja no campo ou na quadra, a grandiosidade do espetáculo estará no desafio, na perseverança, na estratégia, no jogo, onde um é por todos e todos são por um, independente de vitórias ou derrotas!

 

Simples pistas de corrida se transformarão em caminhos mágicos capazes de indicar o céu ou o inferno.

Mergulhados na piscina nos darão a sensação de que surgiram nadadeiras no lugar dos pés e motor onde existiam braços.

Independente de ferramentas, instrumentos, aparelhos, vestimentas, uniformes, tecnologia ou não, teremos grandiosos espetáculos, que nos levarão ao mais alto grau de admiração pela dedicação, empenho, superação e desenvolvimento!

 

São criaturas humanas, porém nos parece que esse planeta chamado Olimpíada é habitado por seres que têm um único objetivo: provar que “limites” não existe!

 

 

A força, a coragem, os gritos e jogo de corpo, em cima de um tatame ou de um ringue, nos dizem que estes guerreiros estiveram se preparando para essa batalha há muito tempo e hoje é, sem dúvida, o “dia D” dessa guerra, pacífica, mas nem por isso de menor importância, pois as conquistas lhes renderão posições de destaque e muito respeito em seus reinos e serão recebidos como novos heróis!

No bailado sob a água ou sobre o tablado, na ponta da espada, em cima de um garboso cavalo, pode ser correndo ou nadando em alto mar, estaremos diante de:
Treinamentos intermináveis.
Repetições.
Ensaios.
Movimentos precisos.

E a criatura nunca mais será a mesma…
Afinal, uma Olimpíada é simples…
Simplesmente inesquecível!

Ainda temos arqueiros, canoeiros, barqueiros, iatistas e tantos outros, em inúmeras modalidades que desconheço.
Enfrentando elementos da natureza: água, terra e ar!
Uau! Grandes magos!

Seja na grama ou na areia, super-homens voarão, correrão e terão arremessado o maior sonho de todos os tempos, talvez nunca mais outra oportunidade, vencer é o objetivo, mas, pensando bem, estar ali, já é uma conquista!

Uma conquista única!
Nunca mais outra igual!

Na ginástica, no remo, no salto, na maratona, no tênis, no futebol, solitário ou em grupo esses seres nos indicarão o caminho do sucesso, da vibração, do foco e da motivação.
Talvez a recompensa não seja a esperada, porém sabemos que tal lugar é para poucos!

Sem se importar com o cansaço, a dor, a limitação ou até mesmo o sacrifício, os habitantes do planeta Olimpíada, são especiais e em oportunidade única mostrarão que respeito, solidariedade, destreza, agilidade, desejos, duelos, combates, superação, precisão, são atributos de suas competências!

 

Esperança…
Sonho…
Conquista…
Objetivo…
Derrota…

VITÓRIA!!!

 

Tantas são as palavras que poderíamos utilizar, mas vou ficando por aqui, pois nenhuma delas será capaz de representar sentimentos e emoções tão fortes, profundos e significativos!


Superatletas, seres de um planeta chamado OLIMPÍADA vão subir no degrau mais alto do podium e nos mostrarão que o impossível pode ser possível!

 

 

Que seja uma demonstração de fraternidade, de festa, de celebração da paz entre os povos e que bênçãos de luz desçam do mais alto a envolver nosso amado Brasil!

Que se abram os portais desse planeta chamado OLIMPÍADA!!!
Que venham os Jogos Olímpicos…


……………………………………………………………………………………………………….

Descobri remexendo minha antiga “caixa de retalhos”…

Uma das mais valiosas recordações, que me leva para uma viagem até o tempo de criança.

 

Naquela época não tínhamos tantas opções, a vida era simples, mas muito divertida.
Os brinquedos feitos de pedaços de madeira e do que sobrava da cozinha da mamãe, latas de óleo ou de massa de tomate, barbantes, caixas de papel grosso, pedaços de tecidos, coisas que não tinham mais valia, eram tesouros em nossas mãos.
 

Rir, se divertir, se sujar e se fartar com os doces do bar da esquina, toda rua tinha um local que vendia doces coloridos e pra nós deliciosos, lembra?! Na minha rua ficava na esquina…
Era simplesmente brincar!
Amizade e fraternidade moravam ao lado.
Infância simples, singela, amorosa, alegre, feliz!
A tecnologia ainda estava longe…

 

Será que o mundo nos mudou tanto assim?

Será que foi a batalha da competição que nos transformou em criaturas tão distantes, carentes, amargas, egoístas e imensamente solitárias e tristes?
Não rimos mais, estamos sempre reclamando e choramingando, existe sempre alguém para falarmos mal, blasfemamos por tudo, esquecemos as cantigas alegres e divertidas, nosso coração se endureceu…

Vivemos correndo sem rumo, estamos sempre atrasados e nem sabemos para que…

A ganância, ambição e o interesse nos dominaram, temos medo de ser feliz e nos esquecemos de amar…

Nos tornamos holográficos, somos apenas uma imagem na tela de um aparelhinho…

 

 

 

 

 

 

Será que isso tudo é porque não somos mais crianças, ingênuas e simplórias, ou porque as relações deixaram de ser amáveis, afetuosas, amorosas e sinceras? 

Ou será que ainda existe, guardadinho em nossas “caixas de retalhos”, bem lá no fundinho, pedacinhos de quem fomos, de quem somos verdadeiramente, prontos para reviver, se emocionar, se encantar com o amor singelo, amor verdade, amor compreensão, amor a vida, alegria sempre!

Rir, abraçar, beijar, cantar, amar… Sem medo de ser feliz!
Será?!

Vale a pena uma reflexão e quem sabe, uma decisão:
Mudar para uma vida mais leve, tranquila, mais alegre e amorosa.
 A decisão está no seu coração…
Decida!
……………………………………………………………………………………………………………………………………

AMIGO… PRESENTE DE DEUS!

Você já reparou como existem alguns amigos que são verdadeiros anjos?!

Muitas vezes não os vemos, mas sentimos sua luz, suas vibrações de amor, seus pensamentos positivos a nos envolver!
Assim como os anjos, não os captamos com os olhos da matéria, mas certamente eles nos vigiam com os olhos do coração!
Em dias escuros não os percebemos, mas sabemos que eles estão lá, presentes, com sua amizade segura a fazer lume!

Caminhamos por várias estradas e nem sinal deles, mas quando menos esperamos eles aparecem, trazendo consigo o melhor que puderam arranjar: CARINHO!

Uma pergunta, uma palavra, uma frase, um sorriso, um “puxão de orelha”, uma consideração objetiva, um “sim”, um “não”, “talvez”.
Um abraço, um aperto de mão, uma ajuda inesperada.

Assim é um AMIGO.

Simples, franco, sensível.
Presente mesmo que ausente!
Amigo, não precisa estar disponível todo o tempo, basta chegar quando é preciso!
Não nos fala o que “queremos” ouvir, mas sim o que “necessitamos”.
Amigo estende a mão para nos erguer e ainda segura bem forte para não cairmos novamente!
É alegria…
Nos faz acreditar em dias melhores e ainda afirma que os bons momentos voltarão.
Amigo enxuga nossas lágrimas e ainda nos oferece um abraço bem forte para não nos sentirmos sozinhos.

Assim são alguns dos nossos amigos, verdadeiros anjos!

Como são presentes de Deus, guardo-os no coração, bem seguros, porque como jóias valiosas precisam ser bem protegidos!

AMO MEUS AMIGOS!!!

Diante das necessidades, descobrimos nossas capacidades!

Aprendi que o tempo mágico de Deus sempre nos presenteia com um novo dia.

Caminhamos, aprendemos, amadurecemos.
Que somos fortes, corajosos e podemos superar a nós mesmos!

Tenho a certeza de que sentimentos de esperança e confiança mostram o caminho da conquista.

Caminho que leva a começar tudo novamente.
Recomeçar com a alegria da vitória!
Que os dias serão outros.
Que nada será como antes.


Quando uma tempestade assustadora se forma, uma imensa onda leva tudo o que encontra pela frente, quando nos sentimos engolidos pela devastação, quando não nos resta mais nada…
Coragem e superação se tornam nossas companheiras inseparáveis.

 

Certo dia acordei e tinha perdido tudo.
Tudo tinha ido embora, não pude enfrentar, não consegui segurar.
Ficou a frustração, a decepção, o sonho desfeito, a falta de confiança, a culpa!
Chorei, descabelei, xinguei, briguei, intimidei.
Mas, digo com certeza, não resolveu muita coisa não!
Tirando o fato de descarregar a emoção, nada disso ajudou!
Então o que fazer?!
O melhor é acalmar, respirar fundo e seguir adiante!
“Esfriar a cabeça”, deixar a “poeira abaixar”, parar de reclamar e aceitar.
A resposta é uma só: recomeçar!

Se olharmos para fora vamos chorar.
Se olharmos para dentro, a nossa visão se tornará mais clara e vamos descobrir nossas capacidades!
Perceberemos que temos coragem, muito amor e muita fé.
Sentiremos a força da superação.
Teremos a certeza de que nada será como antes.
Os dias serão outros.
Mas, apesar de tudo, acreditem, é possível recomeçar, acreditando no sucesso!

 

- Juntar o pouco que sobrou, mudar hábitos, reestruturar a rotina, encolher despesas, recolher sonhos.
Guardar forças para o dia seguinte…
Saber que vai perder “amigos”.
Será criticado, enxovalhado, ridicularizado.
Saberá que daí em diante não será mais lembrado nem convidado para nada.
Saberá que quase todas as portas se fecharão, mas que pequenas janelas se abrirão.
Ganhará novos “irmãos”!
Saberá quem lhe ama de verdade e com quem pode contar.
Tomará consciência do quanto pode realizar e perceberá talentos que jamais pensou existirem.
Será você na essência e na fé!
Olhará para trás e verá o quanto caminhou, o quanto amadureceu, o quanto aprendeu.
E se perguntará: O que foi que aconteceu mesmo?
E a resposta será: Aconteceu…


Você descobriu que pode, que é forte o suficiente, corajoso o bastante e totalmente capaz de superar as dificuldades, você driblou problemas, incluiu nova maneira de pensar, modificou atitudes e conceitos, se libertou de antigas crenças, soube redirecionar seu caminhar e chegou lá!

Creio que essas situações nos revelam oportunidades especiais de transformações e novas maneiras de percebermos o dinamismo da vida!

 

Chega de tristezas e amarguras em sua vida.
Você já sobreviveu a tantos embates, a tantos choques.
Não se deixe vencer pelo medo, nem pelo desânimo, faça tudo com determinação e não se deixe abater.
Acredite na sua força, supere as necessidades, descubra suas capacidades e o quanto pode realizar.
Estabeleça novos sonhos e torne-os realidade!
Deixe brilhar sua luz! Mostre ao mundo a estrela que você é!

Hoje, recontando essa história não saberia lhes quantificar nem qualificar.
Apenas aconteceu.

Nada será como antes…
Diante de tantas necessidades, descobri capacidades que jamais pensei existirem!

……………………………………………………………………………………………………..