Descobri remexendo minha antiga “caixa de retalhos”…

Uma das mais valiosas recordações, que me leva para uma viagem até o tempo de criança.

 

Naquela época não tínhamos tantas opções, a vida era simples, mas muito divertida.
Os brinquedos feitos de pedaços de madeira e do que sobrava da cozinha da mamãe, latas de óleo ou de massa de tomate, barbantes, caixas de papel grosso, pedaços de tecidos, coisas que não tinham mais valia, eram tesouros em nossas mãos.
 

Rir, se divertir, se sujar e se fartar com os doces do bar da esquina, toda rua tinha um local que vendia doces coloridos e pra nós deliciosos, lembra?! Na minha rua ficava na esquina…
Era simplesmente brincar!
Amizade e fraternidade moravam ao lado.
Infância simples, singela, amorosa, alegre, feliz!
A tecnologia ainda estava longe…

 

Será que o mundo nos mudou tanto assim?

Será que foi a batalha da competição que nos transformou em criaturas tão distantes, carentes, amargas, egoístas e imensamente solitárias e tristes?
Não rimos mais, estamos sempre reclamando e choramingando, existe sempre alguém para falarmos mal, blasfemamos por tudo, esquecemos as cantigas alegres e divertidas, nosso coração se endureceu…

Vivemos correndo sem rumo, estamos sempre atrasados e nem sabemos para que…

A ganância, ambição e o interesse nos dominaram, temos medo de ser feliz e nos esquecemos de amar…

Nos tornamos holográficos, somos apenas uma imagem na tela de um aparelhinho…

 

 

 

 

 

 

Será que isso tudo é porque não somos mais crianças, ingênuas e simplórias, ou porque as relações deixaram de ser amáveis, afetuosas, amorosas e sinceras? 

Ou será que ainda existe, guardadinho em nossas “caixas de retalhos”, bem lá no fundinho, pedacinhos de quem fomos, de quem somos verdadeiramente, prontos para reviver, se emocionar, se encantar com o amor singelo, amor verdade, amor compreensão, amor a vida, alegria sempre!

Rir, abraçar, beijar, cantar, amar… Sem medo de ser feliz!
Será?!

Vale a pena uma reflexão e quem sabe, uma decisão:
Mudar para uma vida mais leve, tranquila, mais alegre e amorosa.
 A decisão está no seu coração…
Decida!
……………………………………………………………………………………………………………………………………

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>