Viver para não se arrepender!

A vida é um presente de Deus e deve ser celebrada!

Você já percebeu como a vida é fugaz?

E o seu fim se chama morte…

 Claro que eu sei que a morte faz parte da vida, afinal é a única certeza que temos desde quando aqui aportamos.

Mas é difícil quando ela chega…

Conheço pessoas que de tanto medo nem pronunciam essa palavra.

 

Tem gente que foge do assunto e se arrepia, outros choram só de pensar.
Tem os que rezam e os que se revoltam.

Sei também que existem inúmeras maneiras dela se apresentar, tem morte matada, tem morte morrida, tem precoce e aquelas que jamais deveriam acontecer.
De qualquer forma, é sempre triste!

Separar, despedir, terminar, encerrar, nunca mais…
Tem quem acredite que é o fim.
Tem também quem diga que é apenas o começo.

 

 

 

Você deve estar se perguntando, aonde vamos chegar com essa prosa?
Não, não vamos falar dela, a morte, apesar de considera-la natural e inerente ao viver humano.
Não!
Vamos falar da vida.

Vida, vida tão fugaz… Passageira… Efêmera…

Vamos refletir sobre a grandiosidade que ela, a vida, em contraponto com a morte, nos traz como oportunidade de crescimento, pessoal, emocional e especialmente espiritual.

 

 

A vida é um espaço de tempo terreno tão curto, tão precário, e ao mesmo tempo tão intenso, que deveria ser mais valorizado, tão mais respeitado, tão mais amado.

Refletir sobre essa dualidade, vida e morte, nos leva ao mais puro sentimento de gratidão e afetuosidade por Deus, afinal foi Ele que nos permitiu essa oportunidade.
Aprender, com dedicação, a amar e praticar a generosidade.
Para sermos cada dia melhor!

 

A vida nos permite experimentar e saborear tantas emoções e sentimentos que chega a ser impossível descrever em palavras.
Existe uma intensidade de valores que bem colocados nos indicam o caminho certo: Compreender o verdadeiro amor ao próximo!
Tantas vezes e por tantas bocas apregoado, mas que somente se valoriza quando, ao contrário do viver, o apagar do fluxo vital se vai, ou seja, a morte surge!
Dizem que fomos o melhor de todos os seres… Será?!

Quero aqui nessa pequenina reflexão celebrar a vida!

A vida nos foi dada para:
Amar, se doar, ser generoso, fraterno!
Simplesmente deixar o fluxo verdadeiro do viver ser o guia de nossos pensamentos e atitudes. Conviver em união e harmonia!
Dizer com frequência o quanto amamos, o quanto somos felizes, o quanto somos gratos!

Não deixar para amanhã o que podemos fazer e dizer hoje!

 

Resolver questões de divergências e de incompatibilidades é natural, afinal somos imperfeitos, aprendizes do bom senso, mas erramos na fórmula, na maneira como, partimos para opiniões fechadas e afrontosas, irredutíveis nos nossos valores inviabilizamos qualquer contra, qualquer outra ideia.

Separamo-nos por pequenos erros, blasfemamos por tudo, nos tornamos secos de afeto e afastamos as grandes chances de reconciliações por divergências insignificantes.
Negamos perdão, deixamos passar o barco da compreensão, perdemos a viagem!

Celebrar a vida…
Abraçar, beijar, estar próximo, rir, rir muito de nós mesmos, considerar, reconsiderar, ser prestativo, dividir para multiplicar, somar para ganhar, estar disposto a ajudar, ser presente, ser “o presente”… e assim vai…

 

Aprendi com minha querida mestra que o que deixamos quando partimos é “uma imagem”.
Nos lembramos daqueles que nos deixaram através do seu modo de viver, daquilo que nos marcou mais profundamente.
No decorrer da minha vida, confirmei essa lição.
Portanto, que nossa imagem seja boa de ser lembrada!

Celebrar a vida a cada instante…
Afinal “só deixa saudades quem foi amor!”

Vou ficando por aqui, cada um que reflita e descubra a maneira mais afetuosa e amorosa de celebrar a sua vida!

Forte abraço a todos…

Viver para não se arrepender!

…………………………………………………………………………………………………………………………. 

  • (fugaz: que tem rapidez; rápido, ligeiro, veloz; que desaparece rapidamente, que dura muito pouco; efêmero, passageiro).

…………………………………………………………………………………………………………………………….

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>