Felicidade imensa. Conseguimos!!!

Como já dizia o poeta: “SE CHOREI OU SE SORRI, O IMPORTANTE É QUE EMOÇÕES EU VIVI…”  

Simples assim.

Hoje, do alto dos meus bons anos vividos, posso perceber e chego a conclusão que viver é realmente uma arte, a arte de aprender a ser feliz com pouco, a arte de amadurecer na dor e na alegria.
Que a doença física traz a saúde do espírito, que cada conquista emprega muitos desafios que nos tornam fortes e saudáveis.

Que sem a luz do amor nosso caminho fica tortuoso e sem graça, que afeto e  generosidade nos aproximam cada vez mais do que é realmente importante.

 

Remexer nessa caixa de retalhos, me levou ao início, onde tudo começou, quando sentada no chão, no quintal da casa de meus pais, decidi compartilhar as lembranças, sentimentos e emoções guardados no fundo do baú.

FOI ASSIM QUE TUDO COMEÇOU!

 

Depois daquele dia, quando decidi repartir minhas lembranças, reflexões, pensamentos, histórias de vida, relembrar pessoas que deixaram suas marcas, registrar singelas homenagens.

Com o simples objetivo de recordar.

 

Trago no coração a grata satisfação de que o projeto que nasceu num momento de alegria incontida, diante de pedacinhos coloridos de lembranças e de afeto cresceu e se fortaleceu.

Hoje chega a muitos outros corações, em lugares onde jamais imaginaria chegar.

É uma felicidade imensa. Conseguimos!!!

Agradeço a você que sempre nos visita, deixa seu recadinho, seus comentários e sugestões, pela confiança e carinho!

 

Hoje, após viver o ontem, sei que posso chegar ao amanhã fortalecida.

Feliz por ter angariado tanta confiança, carinho, afeto e acima de tudo muito amor, de todos os rótulos.
Lindas mensagens e votos de prosperidade futura.

Demonstrações que floriram o meu jardim interior com variadas flores coloridas!

Mais uma etapa, mais um ano, mais uma chance, assim vamos vivendo e refletindo, recordando e acreditando que o hoje pode ser melhor que o ontem e que o amanhã…
Bem, o amanhã, quando ele chegar, viveremos…
E recontaremos suas histórias como se fosse ontem!
Assim é a vida!  Uma “caixa de retalhos” a nos presentear com boas e amáveis recordações, simples e afetuosas lembranças.

 

Se não foram tão boas, tão gentis, certamente nos ensinaram a sermos melhores, sempre melhores!
Recontando nossa história descobrimos o quanto aprendemos!!!

 

Vivemos e não podemos negar, sentimos e não podemos apagar. Mas, podemos dar novo significado e nova direção em busca da alegria e da felicidade.

 

Ao abrir as nossas “caixas” deixamos fluir o que de melhor existe: nossos retalhos coloridos!

Unindo os pequenos retalhos, um a um, chegaremos a coloridos e harmoniosos sonhos.

Esperanças renovadas de “mudar o final da história, já que não podemos alterar o início”.

Bem vindos a nossa “caixa de retalhos”!
Os pedacinhos vão sendo reencontrados…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>